Caroço 17 :: Heleno de Freitas

13/04/2006 11:30 em Caroço

heleno2.jpgHeleno de Freitas foi um dos mais fascinantes jogadores da história do futebol brasileiro. Nos anos 1940, era o símbolo do glorioso Botafogo do Rio. Morreu aos 39 anos, atacado pela sífilis, internado em um sanatório de Barbacena. “Nunca houve um homem como Heleno” é o título do livro do jornalista Marcos Eduardo Neves. É a inspiração deste Podcast Bom de Bola de número 17. O filho de Heleno, Luiz Eduardo, dá entrevista exclusiva e emociona-se ao falar do pai. O lendário locutor e comentarista Luiz Mendes pede um gol que ele mesmo trata de narrar. A trilha sonora é feita de canções que o próprio Heleno gostava, segundo o relato de Marcos Eduardo. Coisa fina: Cole Porter, Billie Holliday, muito jazz e blues.

Clique para ouvir:



icon for podpress  Podcast [24:33m]: Play Now | Play in Popup | Download
Deixe seu comentário.
Assine o feed dos comentários (RSS 2.0)

2 comentários sobre "Caroço 17 :: Heleno de Freitas"

  1. cassio bosco bruno diz:

    21/10/2006 4:36

    não o conheci. ouvi muito pouco e li menos ainda sobre Heleno. pouco este o bastante para tê-lo como eterno no cantinho da saudade. O ídolo eterno de quem o revenrecia no imaginário. Foi e será sempre uma estrela no céu glorioso de general Severiano.Heleno para sempre Heleno. Bambuí - MG.

  2. AILTON MENDONÇA diz:

    02/03/2007 12:16

    Sou saojoanense,tenho 33 anos, conheço da historia do lendário Heleno contada pelos meus conterrâneos apaixonados pelo futebol de estrelas. Meu pai ao 13 anos foi no seu velorio (Todos alunos da Escola Estadual Coronel José Brás)Acho que a homenagem de sua cidade natal é muito simples para quem foi um astro do futebol brasileiro, um simples busto de bronze numa pedra, penso que deveriam fazer um museu. Os nossos jovens não sabem da história do saudoso Heleno de Freitas. Ninguem divulga nada sobre sua historia em São João Nepomuceno, ouvi dizer que na Argentina a homenagem numa praça é mais honrosa que de sua terra Natal.

Deixe seu comentário