Andreas Kisser – Hubris I & II
Categorizado em Som Pra Viagem

De 15 anos pra cá, o Sepultura gravou 8 discos (antes disso, 5), fez dezenas de turnês em vários países (e ao longo de todos os continentes), ganhou mais milhares e milhares de fãs, dividiu palco com, por exemplo: Ozzy Osbourne (dentro e fora do Black Sabbath), Motörhead, Björk, Peter Gabriel,  Pantera, Judas Priest… E trocou duas vezes de integrante. Mas este é outro assunto… Com direito a shows históricos, o grupo fez, há pouco tempo, a primeira apresentação de uma banda de heavy-metal em Cuba e passou, também pioneiramente, por outros países cheios de fãs de rock: Índia e África do Sul - apenas alguns dos momentos marcantes. De mais de 15 anos pra cá, o Sepultura vem deixando seu nome registrado na história dos grandes da música mundial. O capítulo mais recente já foi escrito, e será lançado no começo de 2009. A-Lex é o primeiro disco com o novo baterista, Jean Dolabella, e 12º de composições próprias da banda.
Mas a entrevista a seguir, com o guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, foi marcada com a intenção de se falar de HVBRIS I & II, o primeiro disco solo dele, duplo, com músicas que Andreas escreveu ao longo destes 15 anos. São registros de pura personalidade, que, um por um, conferem identidade própria à obra, e traçam diferentes ângulos da capacidade musical de Kisser: tem violão erudito, blues, rock, viola… e os vocais de AK em algumas faixas, além de várias participações especiais. No estúdio, logo após um ensaio da banda de Hubris - que terá lançamento mundial no início do ano -, Andreas conversou com a PodCasting Brasil e, neste papo que misturou assuntos da carreira solo e do Sepultura, ele contou muitas coisas interessantes. É só clicar!
Em: www.myspace.com/andreaskisser você ouve 4 músicas de Hubris.
Mais sobre Andreas Kisser: www.sepultura.com.br
Apresentação: Mirna Della Rosa
Edição: Edu Barbosa





9 comentários sobre “Andreas Kisser – Hubris I & II”
  • lucimara disse:    ( 22.11.2008 às 12:55 )

    amo vc ANDREAS vc é um gato ,te admiro muito ,um super beijo!!!


  • cleber disse:    ( 07.11.2008 às 9:38 )

    ficou bom,uma salada o som muito parecido com titãs,pearljean e um solo de violao que lembra muito a faixa jasco do sepultura mas com um exelente manejo das cordas.parabes por esse diferencial do guitar brasileiro.


  • pisca disse:    ( 05.11.2008 às 14:45 )

    Nada e ninguém é igual ou superior a Andreas Chalaça Kisser.
    Vida longa e muito sucesso


  • Valdercindo disse:    ( 03.11.2008 às 2:55 )

    Cadê a porra da entrevista???!!! Caralho!!!


  • Tuka disse:    ( 01.11.2008 às 17:06 )

    Andreas Kisser? Excelente e experiente músico…orgulho nacional e mundial! Ele é fonte de inspiração para muitos músicos, de diversos estilos…quem pode, pode!! :)
    Andreassssssssssssssssssss!!


  • Francisco disse:    ( 31.10.2008 às 22:47 )

    Ouvi algumas músicas do trabalho solo do Andreas. É algo totalmente diferente do que estamos acostumados a ouvir, vindo dele. Nada de metal pesadão. Acho legal ele mostrar essa outra face de sua arte, mostrar como pode ser um m´´usico versátil ao explorar outros estilos. Um violão bem tocado como não poderia deixar de ser, e composições acústicas muito boas! Algumas lembram até algumas coisas feitas no Sepultura como “Jasco” e “Kaiowas”. Quanto ao Sepultura atual, é claro que a formação clássica é melhor, mas a “nova” formação também é muito boa e o novo disco que virá (”A-Lex”) deve vir quebrando as pernas de todo mundo! Vida longa ao grande Andreas Kisser e claro, ao gigantesco SEPULTURA!!!


  • Metal Zone disse:    ( 31.10.2008 às 19:57 )

    O Andreas é um bom guitarrista, mas tem músicas neste disco que são uma bosta infelizmente contrariando o q o cara é capaz e pode fazer lamentável Sr.Andreas, uma bosta.


  • Gábrio Punk disse:    ( 31.10.2008 às 19:33 )

    “Atualmente ele é a alma da banda.” E atualmente a banda é uma bosta.


  • Leonardo disse:    ( 31.10.2008 às 16:42 )

    É isso aí Andreas, parabéns! Ele é um músico muito talentoso, muito culto e muito trabalhador. Provavelmente o Sepultura não teria sido o mesmo sem a entrada dele, e depois o Max fica tirando o cara pq não é o guitarrista original, se houver alguma volta no futuro o Sepultura não pode ficar sem o Andreas, até pq atualmente ele é a alma da banda.


Deixe um comentário
Feed RSS dos comentários.