Arquivo da categoria: Ouvindo Vinho

Trazendo um novo sentido à degustação

Cinco Tierras Torrontes

cinco_tierras_torrontesTentando desfazer sua má-fama de “inimigo número 1 dos vinhos brancos”, Zé Luiz Tavares dá o braço e a língua a torcer para esse surpreendente argentino.
Gentilmente trazido à mesa pelo Marcos Simonsen, da MS Import, o branco andino também arrancou elogios de Edu Viotti, que comandou a degustação.
Em condições técnicas precárias (gravando entre os ruídos dos comensais e a banda do WineWeekend São Paulo Festival 2010), mas em ambiente e clima absolutamente favoráveis (noite amena de inverno, com vista privilegiada de São Paulo), os 3 comentaristas vão trocando taças e microfones num papo que já deixou saudades.

Chaltén – Grand Reserva – 2008 – Malbec

chalten_malbecAbandonado por seus companheiro Edu Viotti e Daniel Siqueira, Zé Luiz Tavares abre os microfones e a garrafa para o sommelier Renato, da Expand, um dos expositores do WineWeekend São Paulo festival 2010.
A dupla degusta um interessante Malbec patagônico, tendo ao fundo uma imponente lua de inverno e uma invasão de diferentes sons, que deixam nosso operador João Prado preocupado com a qualidade do áudio.

http://www.adegaexpand.com.br/

Vega Saúco Crianza

vega_saucoEdu Viotti e Zé Luiz Tavares recebem Rogério D’avila, diretor da importadora Ravin, que esteve expondo seus vinhos no WineWeekend São Paulo Festival 2010.
Rogério traz à mesa um surpreendente espanhol, merecedor do primeiro lugar numa então recente degustação às cegas realizada em São Paulo, deixando para trás até mesmo renomados Bordeaux.
Especialmente desenvolvido para o mercado brasileiro, o vinho suscita comentários sobre as características geográficas de sua origem, as denominações típicas da vitivinicultura espanhola, e como não poderia deixar de ser, a cor, o aroma, o sabor e, principalmente, seu excelente custo/benefício.

Les belles bastilles

les_belles_bastillesO inverno está terminando e os rosés começam a dar o ar da sua graça.
Nessa gravação, realizada durante o WineWeekend São Paulo Festival, no Jockey Club paulistano, Eduardo Viotti e Zé Luiz Tavares recebem Raphael Allemand, representante do Vinhos de Provence no Brasil, compensando a ausência de Daniel Siqueira, envolvido com seus estudos de MBA.
Mais um episódio cheio de recordações da terra em que o vinho é instituição nacional.

Cinco Tierras – Malbec Reserva 2005

ct_reserva_malbecNa presença de sua esposa Zoraida, Edu Viotti tenta se manter “menos soltinho”, mas após alguns goles desfila histórias interessantes sobre a origem da Malbec em terras argentinas. Divagando sobre a garrafa trazida à mesa pelo Daniel Siqueira, Zé Luiz até se perde no assunto, quando tenta explicar a disputa marketeira entre os produtores de “terroir” e os produtores de “varietais”. Durante a degustação, a forte presença aromática da madeira é equilibrada na boca pelos taninos maduros, nessa excelente garrafa que ainda permite alguns anos de guarda.

http://www.vinhonline.com.br

Suzin Merlot 2007

suzinMais uma boa surpresa da Serra Catarinense, que vem crescendo muito na disputa pelo posto de principal região vinífera do país. Produzido nas instalações da Vila Francioni, esse vinho da Vinícola Suzin tira proveito da altitude de seus vinhedos, onde os raios de sol são mais agressivos, fazendo com que as cascas das uvas se tornem mais grossas e ricas em polifenóis. Na degustação, a cor intensa denota sua juventude e no aroma destacam-se as notas vegetais, toques de ameixa e leve madeira. O inevitável trocadilho “Esse não vai Suzin” propõe harmonizações diversas, como embutidos, várias espécies de queijos e algumas massas.

http://www.vinicolasuzin.com.br

Acácio

acacioMais vinho verde à mesa, com certeza! Sem indicação de safra e com garrafa difícil de guardar, esse é mais um vinho feito para se beber de imediato. Mas antes de abrir, Edu tortura os amigos ao falar das sardinhas à brasa que degustou em terras portuguesas. Na degustação, a água na boca continua, estimulada pelas “agulhadas” advindas de sua alta acidez. Edu até arrisca a recomendação para um churrasco em dias quentes. Mas só como aperitivo, antes de servir o Malbec que acompanha as carnes!

http://www.acacio.pt/

Cinco Tierras Sorbus Malbec

sorbusEdu traz à mesa mais uma garrafa de Malbec e uma breve aula sobre a geografia argentina. Com sede, os três amigos debruçam-se rapidamente à degustação, com Edu fazendo conjecturas a respeito do nome do vinho. Pouco amadeirado para acompanhar churrascos, mas com corpo mais do que suficiente para harmonizar com pratos de massa, nossos amigos logo identificam um ótimo custo/benefício nesse mendocino, que se encontra na faixa de preço na qual o consumidor mais precisa de orientação. Vale a compra!
Para mais informações: www.vinhonline.com.br

Casal Garcia Rosé

Casal Garcia RoséNessa garrafa, o vinho verde ganha a cor rosé e uma audaciosa tampa de rosca. No meio da conversa, Zé Luiz relembra sua visita pelos jardins do produtor Quinta da Aveleda, apoiado pelos conhecimentos botânicos do Edu Viotti. De paladar internacionalizado, esse rótulo clássico dos vinhos verdes, traz dignidade à classe dos rosés, na forma de um vinho refrescante, fácil de beber e harmonizar.
Para mais informações: www.aveleda.pt

Varanda do Conde

Varanda do CondeMais um vinho verde reúne os três amigos para contarem histórias sobre a produção vinícola portuguesa. Mas dessa vez, o destaque da conversa ficou na embalagem: a garrafa “renana” que caracteriza alguns dos mais típicos vinhos verdes. Na degustação, o destaque ficou para o tom acobreado e a acidez mais domesticada, provavelmente, para se adequar ao mercado internacional. Aprovadíssimo!
Para mais informações: www.provam.com