Arquivo da categoria: Café Brasil

Se Atirou

suicidio.jpgNo programa desta semana tratamos de um tema forte: o suicídio. Uma história verídica, alguns comentários filosóficos e muito pra pensar a respeito. Mas também trazemos Labi Mendonça com uma sugestão de letra nova para o clássico PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES, de Geraldo Vandré. No programa, a participação de André Camargo Costa, Labi Mendonça, Renato Russo com o Legião Urbana, Ferreira Gullar, Rubem Alves, Cláudio Latini, Renato Teixeira, Marc Gafni, Wilson Simoninha e Charlie Brown Jr. Fala verdade…uma mistura dessas só aqui, né? Produção e apresentação de Luciano Pires.

Bombeiros

bombeiro.jpgNo podcast da semana, tratamos de gente bem preparada que é engolida pelo “sistema”. Também tentamos definir o Brasil numa só palavra: estanco. Quer saber o que é? Ouça o programa! Também trazemos uma carta emocionante de um capitão do Corpo de Bombeiros, que mostra como nossos heróis são tratados no Brasil. Do cafezinho de hoje participaram Fernando Pessoa, Edvaldo Santana, Nando Reis, Bezerra da Silva, Almir Sater e Renato Teixeira e até um bombeiro de Maceió… Um bom time pra tomar um café com a gente não é mesmo? Produção e apresentação de Luciano Pires.

Melô do Mensalão

melo_mensalao.jpgA Éguinha Pocotó esta de volta em mais um vídeo hilariante. Assista!

Criação e direção: Luciano Pires
Arranjos e interpretação: Sérgio Sá
Manipulação dos bonecos: Cia Truks
Produção do Clipe: Casa de Vídeo

Atenção: Para assistir a este vídeo, você precisa ter o Quicktime instalado.

O Pasquim

pasquim.jpgEste programa trata de um ícone da mídia brasileira: O Pasquim. Um jornal nanico que durante anos foi um ponto de resistência à ditadura e em cujas páginas estiveram alguns dos mais importantes jornalistas, escritores e cartunistas brasileiros. Gente como Millor, Jaguar, Ziraldo, Ivan Lessa, Paulo Francis, e tantos que fazem falta hoje em dia. Também Maristela Moura com um texto discutindo o papel do bom humor em nossas vidas. E o programa apresenta a Melô do Mensalão. Na trilha sonora, Antonio Nóbrega, Pirisca Grecco, Sá, Rodrix e Guarabira e Trio Mocotó. Bem vindo, bom humor.
Produção e apresentação de Luciano Pires.

E Agora, José?

drummond.jpgUm programa um pouco diferente, sem tema específico. Uma sala de música, um piano e uma partitura nada são se não houver uma pessoa para ouvir, tocar e interpretar. E as pessoas acham que o problema é a sala, o piano ou a partitura… Um momento emocionante: Carlos Drummond de Andrade declamando sua poesia E Agora José? E você vai viajar no tempo ouvindo a propaganda do Café Seleto. E também tem André Camargo Costa discutindo a busca incessante pela felicidade. Neste programa, textos e músicas de Padre Celso de Carvalho, Paulinho Nogueira, Frenéticas cantando Vinícius e Toquinho e um sambinha rasgado de Edvaldo Santana. Imperdível!

Deleite

deleite.jpgNeste programa, Luciano Pires fala da importância de divertir-se enquanto você executa suas obrigações. Mas mais que divertir-se, o segredo é deleitar-se. O tema do programa é o deleite, que quer dizer gozo íntimo e suave, prazer inteiro, pleno. E o deleite contagia! O programa tem também a Oração ao Tempo de Inajá Adlin e uma reflexão sobre a história de nossas vidas nos últimos cinqüenta anos. Crise após crise… Na trilha sonora, uma salada com Odair José, Lobão, Elis Regina, Ceumar e Demônios da Garoa com Benito de Paula. Só aqui, né?

Tenho medo

tenho_medo.jpgDesta vez falamos de medo. Quem não tem medo? Medo é que nem gosto, cada um tem o seu. Medo de injeção, de médico, de barata, da sogra, da polícia, dos políticos, da violência, da morte… Viu só? Uma coisa que não falta nesse mundo é medo! Diante dessa constatação, Luciano Pires não teve qualquer receio em fazer uma edição do Café Brasil sobre… Medo! Mas não há o que temer, pense na inspirada e serena constatação do poeta gaúcho Mário Quintana: “Morrer, que me importa? O diabo é deixar de viver”. Um texto inspirado de Rubem Alves fala de um tema polêmico: até onde a medicina deve evitar a morte dos que estão sofrendo? E também tem o Poema Pouco Original do Medo, de Alexandre O’Neal.
Na trilha, uma mistura - feita sem medo - de Chico Buarque, Orlando Silva com Tom Jobim, Simone com Sueli Costa e Tite de Lemos, Nuno Mindelis, Rappin’ Hood, Sérgio Sampaio e até a pamonha de Piracicaba!
Produção e apresentação de Luciano Pires.

Mazzaropi

mazzaropi.jpgO Café Brasil não nega suas raízes e faz uma homenagem à cultura caipira e seu maior representante, Amácio Amadeu Mazzaropi. Recorda aqueles tempos onde, a cada novo filme do “Jeca”, enormes filas se formavam nos cinemas de todo o país. Um tempo de humor ingênuo, vidas simples, quando o Brasil ainda era um país cheio de esperança. Um texto de Antônio Cândido trata das origens do “jeito caipira de ser” e sua importância até como registro das antigas culturas dos colonizadores. Tudo acompanhado pelas inesquecíveis canções de Mazzaropi e Elpídio dos Santos.
Produção e apresentação de Luciano Pires.

Raízes Brasileiras

raizes_brasileiras.jpgNo podcast desta semana, “Raízes Brasileiras” vamos falar um pouco de brasilidade. Um texto de Silvia De Lucca discute a invasão da cultura brasileira por estrangeirismos. Depois falamos do futebol brasileiro como cultura. E da dificuldade que o brasileiro tem em valorizar seus ídolos. E no final do programa, uma surpresa. A inédita interpretação de Eliezer Setton para o Hino Nacional. Duvido que você não se emocione… No programa temos ainda a participação de Patatiava do Assaré, Daniel Baremboin com Villa Lobos e Ary Barroso, Djavan cantando Edu Lobo e Chico Buarque. Um Café Brasil brasileiro. Com produção e apresentação de Luciano Pires.

Natal

noel_brasileiro.jpgO Podcast de hoje é especial de Natal. Era pra falar de músicas natalinas mas acabou falando é de música popular brasileira ao contar a história de Assis Valente, o amargurado e brilhante autor de algumas das melodias inesquecíveis que você canta desde pequenino, sabia? O programa começa com um petardo de Eliezer Setton, o Natal Nordestino, onde o pinheiro é um mandacaru. Vamos viajar pelas memórias de natais distantes, trazendo várias das pérolas natalinas compostas e/ou intepretadas por Blecaute, Assis Valente, Sim ao Som, Octavio Babo, Simone, Novos Baianos, Eliezer Setton, Sérgio Sá…. ho, ho ho… Feliz natal pra você, do Café Brasil. Produzido e apresentado por Luciano Pires.